E a Colombina, Pierrot?

 “Os outros eu conheci por ocioso acaso, a ti vim encontrar porque era preciso”- Guimarães Rosa

Há um grande paradoxo: o medo de ser comum e o de não alcançar a máxima normalidade. Quanto vendem, porque de fato encantam, os romances! As histórias de amor vem sendo  sufocadas para dar espaço ao anti-clichê, que é a malicia obrigatória no amor do homem. Ainda há quem sonhe com uma grande aventura única e inesquecível: o frio na barriga, puro e simples.

Às pessoas que esperam o amor bater a porta, sorrateiramente, discretamente e como uma surpresa natural do roteiro da vida, peço um abraço fraternal. Tão corriqueiro é um casal se envolver de alguma maneira e construir, quem sabe, uma vida juntos, não? Quanto tempo levaria para descrever as minimas coisas que se vive entre o primeiro beijo e o ultimo abraço? Talvez caiba em uma antologia, mediocremente falando.

Ai! que vontade de que a gente tem de ‘morrer de amor e continuar vivendo’ (Mário Quintana). Espera-se, ou não, que alguém chegue e faça tudo valer a pena. Conheci, pois, um homem que tinha o coração as avessas: estava constantemente apaixonado, só faltava a paixão. Vivia nas nuvens, só que meio solitário. O grande amor da vida dele não tinha nome, endereço, forma, corpo, nem mesmo em sua imaginação, mas era amada, querida, desejada. Quando lhe disseram que precisava ser feliz sozinho, compreendeu: amou-a, não sei quem,  até na sua espera.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s