Nem vi

ontem olhei-me no espelho
vi outra.
não mais aquela que eu via
pela luz das janelas e dos vitrôs
ontem olhei-me no espelho e quis
pela primeira vez
conhecer aquela
que eu via pela luz das janelas
e dos vitrôs.

renunciei ao modernismo
que prega ódio à propria imagem
nem gostei, nem desprezei
pela primeira vez, me vi
e não como via quando rapidamente
corria entre espelhos cobertos
com panos rasgados.

a verdade é a verdade,
fazer o quê?
se agora acho que vejo
amanhã tenho outros olhos
e o que eu via
no espelho, nas janelas e no vitrô
é só o ontem que passou.

não volta,
não volta a imagem que passou pelo espelho
o espelho que eu olhei e me vi
nem eu mesma que estava
diante do espelho
não volto.
fico registrada no momento
e só
fazer o quê?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s